Anitta tem deixado muitos pastores de cabelo em pé: “vale menos que prostituta”, diz Assembleiano

Cuiabá, quarta-feira, 25 de maio, por Maria Fagundes do site G Contei  – Cada ano que passa, Anitta se torna a brasileira mais famosa do Brasil. A cantora vem conquistando um espaço internacionalmente com músicas produzidas em várias línguas.

No mês passado, Anitta ficou em primeiro lugar no spotfy mundial, se tornando a primeira brasileira a atingir essa posição. Apesar de ter inúmeros fãs, a cantora não agrada todo mundo, como é o caso de grandes líderes religiosos.

Portanto, veja ainda: Patrícia Abravanel faz comparação absurda de Elon Musk com Noé

Mas, o que mais chamou atenção nisso tudo foi a opinião do pastor da Assembleia de Deus RJ, Otoni de Paula, que fez questão de atingir Anitta com insultos. Ao se questionar quem é a “Malandra” da música, o assembleiano mesmo responde.

“Então quem é a malandra? Malandra é a mulher fácil, fútil, vazia, que se reduz a tamanho das suas nádegas. Malandra é aquela que brinca com o sexo como se mercadoria barata fosse. A malandra não sabe o que é amor, não sabe o que ser amada, pois, a relação entre ela e o homem é de consumo. A malandra não é prostituta, pois nem prostituta é tão barata desse jeito”, disse,

Confira ainda: Cantor Gospel, Jairo Bonfim, sofre acidente de carro “Deus me salvou”

Anitta faz cara feia para Juliette e é criticada

O nome de Anitta ficou entre os assuntos mais comentados desta semana. O motivo? Foi por causa de um vídeo postado por Lucas Rangel onde aparece supostamente a cantora fazendo cara feia ao ver Juliette falar.

No entanto, mesmo com os comentários negativos, os fãs garantiram que a expressão da cantora é mais que normal e que ela faz a suposta cara para qualquer coisa. A cantora ainda não comentou sobre o assunto.

Anitta defende Juliette

Desse modo, Anitta fez questão de defender Juliette na última semana. Isso porque a ex-BBB acabou tendo o seu lado artístico questionado e menosprezado por Samantha Schimit. A advogada se pronunciou sobre o assunto.

“A arte abraça, encanta, emociona e transcende qualquer rótulo. Ser artista é algo tão bonito e maior que tudo isso… é tocar o outro com o que há de melhor em você, é doação, é amor, é verdade… Então, sim, eu SOU artista e aprendiz de muita coisa”, escreveu.

Por fim, veja também: Casamento de Karina Bacchi terminou por causa da religião, aponta colunista Léo Dias do site Metrópoles

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais