Léo Dias espalhou gravidez de Klara Castanho em um evento de jornalistas

Cuiabá, terça-feira, 28 de junho, por Maria Fagundes do site Agora Notícias MT –  Parece que Léo Dias mais uma vez vai ter que vir a público se explicar sobre o caso Klara Castanho. Segundo Leão Lobo, o colunista teria espalhado para inúmeros jornalistas, durante o Troféu Imprensa (começo de junho), sobre o caso da Klara Castanho:

“Ele ainda pediu sigilo absoluto nosso, mas era óbvio que ninguém iria espalhar isso, eu até havia esquecido do assunto”. Mesmo vários jornalistas ficando em silêncio em relação ao assunto, o caso acabou se espalhando porque Matheus Baldi publicou as informações em seu Instagram.

Veja mais: Guia completo da Cassiane custa R$ 2.700; veja se vale a pena paga esse valor

Matheus Baldi se pronunciou sobre o assunto e disse que vários fãs entraram em contato para falar que estavam achando a atriz acima do peso. Um deles até disse que ela poderia estar grávida e escondendo a gestação. Com isso, o jornalista resolveu comentar sobre essa suposta gestação em seu perfil de fofoca e despertou a curiosidade de todos os seguidores. 

Um mês após a postagem, a pré-candidata a deputada estadual, Antônia Fontanelle, postou um vídeo no seu canal do Youtube falando sobre o assunto. Ela disse que uma atriz da Glogo, de 21 anos, teria dado à luz em um hospital particular e logo em seguida pagou para alguém sumir com a criança. Mesmo não citando nomes, os seguidores começaram a associar a tal atriz com Klara Castanho. 

Veja ainda: Juiz ordena suspensão de show de dupla gospel pernambucana; saiba por quê

No entanto, só quem sabia das informações verdadeiras era o colunista Léo Dias, mas ele optou por não revelar. O jornalista recebeu uma ligação desesperadora de Klara onde ela implorou para que ele não soltasse a notícia no site Metrópoles.

Klara Castanho confirma as informações por meio de uma carta aberta em seu Instagram

Mas, após todos os questionamentos se as informações procediam ou não, Klara Castanho resolveu se pronunciar. A atriz confirmou a história por meio de uma carta aberta em suas redes sociais. Ela disse que foi estuprada e quando estava no oitavo mês de gestação, descobriu que estava gerando um feto em seu útero.

Klara tomou a decisão de doar o filho após o nascimento. E foi o que aconteceu, assim que a criança nasceu, no final de maio, a atriz fez todos os trâmites para que a doação do filho fosse legal. Com isso, passou por diversos procedimentos obrigatórios. 

Confira também: Chris Duran fala sobre crise de identidade podcast de Karina Bacchi; confira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais