O santuário dos restos mortais de Aleijadinho reabre após quase uma década de reformas

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição é uma das referências arquitetônicas e históricas de Ouro Preto.

Nova Mutum, 1 de agosto de 2022, por Paullo Brenner – Após quase uma década de reformas, o santuário que abriga os restos mortais do Mestre Aleijadinho será reaberto ao público em Ouro Preto.

Após 9 anos de trabalho de restauração, o trabalho meticuloso que exigiu muito esforço foi finalmente concluído. A Matriz Nossa Senhora da Conceição é uma das referências para a arquitetura e história de Ouro Preto.

Desse modo, originalmente construída no século XVIII, a igreja foi projetada e construída entre 1727 e 1746 por Manoel Francisco Lisboa, pai do arquiteto e mestre de obras Aleijadinho.

Portanto, é um dos maiores altares de Ouro Preto e, em termos de tamanho e luxo, há muitos detalhes em seu interior: os oito altares laterais receberão dezenas de imagens de diferentes tamanhos, em madeira dourada e colorida, do século XVIII, mas também a correção mais recente. Ficou curioso? Veja mais detalhes agora mesmo lendo abaixo.

Leia mais: Depois de abandonar o funk, Perlla retorna para à igreja; confira

O santuário dos restos mortais de Aleijadinho reabre após quase uma década de reformas - Fonte/Instagram
O santuário dos restos mortais de Aleijadinho reabre após quase uma década de reformas – Fonte/Instagram

“Quando você acha que a peça vai estar toda perdida, você encontra ela toda integra, é uma emoção muito grande para gente e para comunidade também”, conta o restaurador Rafael Mendes Pinto.

Confira tudo sobre o santuário de Aleijadinho

Assim, as imagens não fazem parte do projeto de restauração, que recebeu financiamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ademais, a comunidade de Ouro Preto também foi mobilizada.

Nós criamos uma campanha intitulada Apadrinhe uma Imagem. A população abraçou, com muito afinco a ideia, e hoje já estamos também no final da restauração das 23 imagens que compõe a imaginária do santuário e que ficam nos 8 altares laterais e no altar mor aqui da nossa matriz santuário”, conta o padre Edmar José da Silva.

Além disso, uma imagem em tamanho natural de Nossa Senhora da Conceição já está no altar-mor. A reabertura da Igreja Nossa Senhora da Conceição é de grande importância histórica e, além de todas as obras de arte que servem de decoração, há os túmulos do Mestre Manoel Francisco Lisboa e seu filho Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Sendo assim, seu túmulo está sob o piso de madeira.

Por fim, um museu dedicado ao escultor barroco também existe e reabrirá. A obra de Aleijadinho foi levada para outras igrejas e retornará à igreja paroquial de Nossa Senhora da Conceição. Reabrir uma igreja é abrir novamente as portas da história.

Continue lendo: Karina Bacchi se batiza nas águas em uma igreja de São Paulo; confira

Esta restauração, ela traz a beleza original dos século 18, que é o enriquecimento do douramento, a beleza dos altares, a riqueza das artes que apareceram aqui, a pintura do forro da capela da sacristia, quer dizer, o enriquecimento artístico aqui é muito grande”, explica o historiador José Efigênio Pinto Coelho

E então? O que achou das informações acerca de Aleijadinho? Você imaginava uma cultura tão rica por trás desse fato? Comente o que achou e não esqueça de mandar para os amigos as novidades!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais