Frei que atropelou ladrão estava com a carteira vencida a 2 anos

A justiça autorizou a quebra de seu sigilo telefônico

O ocorrido aconteceu no começo da semana, dia 07 de maio, após, um homem realizar um furto de camisas e moedas na Paróquia São Sebastião de Santa Cruz, o clérigo, frei Gustavo Trindade, o atropelou utilizando um carro registrado em nome da paróquia.

Frei dirigia o carro da diocese utilizando carteira vencida

A igreja que fica no município de Santa Cruz do Rio Pardo teria sido invadida outras duas vezes, fazendo com que essa fosse a terceira invasão em menos de 10 dias, ademais o suspeito de cometer esses crimes, seria o homem que foi atropelado pelo frei. Esta paróquia está localizada no município de Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo.

Frei que atropelou ladrão estava com a carteira vencida a 2 anos. Sendo que a mesma estava vencida desde 2020. No entanto, apesar de estar desde 2020, com a carteira vencida o frei Gustavo Trindade, possuía a autorização da diocese de Ourinhos para dirigir o carro que pertence a está instituição.

Leia a seguir: Padre atropela um homem e depois foge sem prestar socorro

Após analisar as imagens da câmera de segurança, onde mostra que o frei fugiu depois do atropelamento. A justiça autorizou a quebra de seu sigilo telefônico, mas negou o pedido de prisão do mesmo. Ademais, fato este devido aos seus bons antecedentes. No entanto, para evitar retaliações o frade está escondido.

O homem que assaltou a igreja já foi identificado como Ângelo Marcos dos Santos Nogueira, de 41 anos, é dependente químico e ainda segue internado em estado grave.

A Diocese de Ourinhos que é responsável pela Paróquia de São Sebastião, se pronunciou juntamente a Ordem dos Frades Pregadores. Onde afirmaram que estão apurando o caso.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais